Sintese Proteica. Replicação, Transcrição e Tradução do DNA. ENEM

Bases nitrogenadas do DNA

O que é DNA?

A célula é a unidade básica de todo tecido vivo. Nelas, há estruturas internas chamadas organelas, uma destas é o núcleo, que protege o DNA, onde ficam as informações que originarão o RNA-Mensageiro, para formar estruturas biológicas fora do núcleo, através da síntese proteica.

Bases nitrogenadas ou bases pirimídicas

O DNA é formado por bases livres, chamadas de Adenina, Guanina, Citosina e Timina. No caso do RNA, ao invés da timina, haverá a uracila. Estas bases compõem pares: Adenina com Guanina e Timina (ou Uracila, no caso do RNA, com Citosina). Por isso, diz-se que o RNA será sempre, como se fosse, um espelho do DNA, composto pelos respectivos pares de bases nitrogenadas.

Bases nitrogenadas do DNA

O que é código genético?

Código genético para a fita do DNA, a base da biologia

O modo como a instrução para a fabricação de proteínas que poderão compôr diversas outras partes biológicas é disponibilizado, é chamado de código genético. O código genético é como se fosse um idioma, e a sequência de DNA lida pelo RNA-m, uma receita de bolo.

Síntese de proteínas: como ocorre?

Transcrição do DNA

O processo da síntese proteica é inicia-se no momento em que o RNA polimerase abre a fita de DNA para que o RNA-mensageiro seja produzido, a medida que o RNA polimerase percorre a fita de DNA, apartir das bases nitrogenadas. Este processo é chamado transcrição do DNA.

Contudo, depois de pronto o RNA-mensageiro ainda é processado e algumas partes dele são removidas, para que ele execute a função de síntese proteica adequadamente, conforme o necessário para o organismo.

Tradução do RNA

Saindo do núcleo para as fábricas de proteínas, chamadas ribossomos, presentes no citoplasma, dispersas ou encrustradas no retículo endoplasmático rugoso, o RNA-mensageiro, agora conectado a essa organela, é lido para a produção de uma cadeira de aminoácidos, que formarão, juntos, uma proteína.

Existem 20 tipos diferentes de aminoácidos. Estes são contectados uns aos outros, formando a proteína, por meio do RNA-transportador. Depois que o úlimo aminoácido é adicionado, a corrente vai até uma máquina molecular que o dobra numa forma tridimensional, complexa e específica. Desse modo, o processo de síntese proteica é finalizado e ela já está pronta para realizar sua função no organismo. O processo posterior à transcrição do DNA é chamado de tradução do RNA.

Como ocorre a síntese proteica em maiores detalhes

A explicação acima já é o suficiente como conhecimento sobre síntese proteica para o ENEM. Contudo, há maiores detalhes sobre como ocorre a duplicação do DNA, utilizada na mitose e meiose, que possibilitarão novas células continuarem a produção de proteínas.

Replicação do DNA

Estrutura do DNA e RNA

Por meio de uma duplicação do DNA semi-conservadora, a nova fita de DNA é formada. Nesse contexto, há diversas complexidades, principalmente nos organismo eucarióticos. Por isso, é importante ver o máximo possível de vídeos sobre a síntese proteica e outros processos biológicos, como a replicação do DNA.